#diadefilme Cinderela


Eu assumo, nunca liguei muito para a Cinderela. Não me pergunte o motivo porque não saberei te responder.

Quando era criança, claro que sabia a estória dessa princesa, que ela, por algum motivo que eu desconhecia, havia perdido pai e mãe e fora criada por uma madrasta má com duas meia-irmãs chatas. Uma fada-madrinha aparece, ela se transforma, conhece/vive um breve romance com o príncipe. Dá meia-noite e ela foge, para que o encanto não se acabasse na frente do príncipe e de outras pessoas, ela perde o sapatinho de cristal, ele a procura. Mas, confesso, nunca havia assistido ao filme ou lido um livro sobre ela que seja. Junto com a Jasmine, talvez tenha sido uma das princesas que eu ignorei.

Quando tinha uns 12 anos (sim, quase uma adolescente!), achei uma fita/DVD desse filme perdido em casa, que nunca quis assistir, e decidi assistir a um pedaço - tenho quase certeza de que não vi tudo porque me lembro apenas de umas passagens do filme!

Ou seja, a primeira vez que assisti a algum filme da Cinderela, do início ao fim, de verdade, foi agora, com esse filme com pessoas que a Disney fez, no alto de meus 24 anos.



Fui assistir ao filme com minhas amigas e, logo que chegamos no cinema, que não estava muito lotado, mas tinha bastante gente por ser dia normal, vimos que o cinema estava cheio de grupos de amigas, casais de namorados, mães com filhos grandes... Talvez a pessoa mais nova no cinema deveria ter uns 18 anos. Sem crianças ou adolescentes - fato que até me fez achar curioso e pensar no quanto todas nós temos nosso lado sonhador e romântico desde criança, que nunca nos abandona.

Confesso que esse não era um daqueles filmes que olho e penso "Oh meu Deus! Eu preciso assistir a esse filme!!!", mas, depois de ter assistido, teria perdido um grande filme, com grande estória e me arrependeria muito!
Dados do filme: 

Cinderela (Cinderella)
Ano: 2015
Gênero: Drama / Família / Fantasia
Censura: Livre
Duração: 105min
Diretores:  Kenneth Branagh
Elenco principal:  Cate Blanchett, Lily James, Richard Madden, Helena Bonham Carter, Stellan Skarsgård
Dados encontrados no IMDB

A estória, pelo menos de forma geral, é a velha estória da Cinderela que eu já conhecia. O ponto alto para mim é o sotaque do inglês britânico que deixou o filme mais interessante e mais romântico. Sim, sou apaixonada por esse sotaque.
Mas, a escolha dos artistas, todo o trabalho gráfico, as roupas, cenários.... Tudo isso foi responsável por deixar o filme grandioso, com aqueles ares que só a Disney é capaz de fazer.

Lily James ficou ótima como Cinderela. Cate Blanchett e Helena Bonham Carter ficaram ótimas como Lady Tremaine e fada-madrinha. E Richard Madden é perfeito como um príncipe encantado - seus olhos, seu jeito, maxilar, boca.... Não tem como negar!

Do elenco todo, provavelmente, só conhecia a Cate Blanchett (mas acho que nunca assisti nenhum filme que ela tinha feito) e a Helena Bonham Carter (a Rainha de Copas). Então, tive surpresas positivas com a escolha do elenco.

Sinceramente? Eu indico sim esse filme. Pela forma de abordagem do filme, pela estória, pelo romance, pelo sonho, pelos atores, pelos figurinos da Cinderela, pelo príncipe encantado....






Fotos encontradas no Google.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

up