[Grandes Jogos] Bélgica x Estados Unidos - Copa do Mundo 2014


Cheguei em casa antes dos 20m do primeiro tempo e corri ligar a TV.
Pelo desempenho abaixo do que esperava da Bélgica e pelo desempenho acima do que esperava dos Estados Unidos, coloquei no bolão da empresa que seria um empate - achei que cada equipe faria um gol. Então, já imaginava que seria uma partida difícil e pegada.
Parte de mim, queria que os Estados Unidos avançasse. Estão investindo um dinheiro alto na MLS e fazendo de tudo pra que a liga deles seja forte e conhecida no mundo todo. Além disso, tinha a paixão da torcida, que fez de cada jogo dos EUA um Super Bowl, vibrando, torcendo, comparecendo em peso e mostrando muito amor ao time.


Uma parte um pouco maior torcia pela vitória da Bélgica, já que eu conheço muitos dos seus jogadores e sou fã deles. Acho que a Bélgica tem uma grande Seleção e uma boa geração. Jogadores, em sua maioria, jovens e grandes jogadores no campo e no banco... Sim, talvez os jornalistas tenham falado e enaltecido demais a Seleção Belga antes da Copa, gerando altas expectativas em todo mundo, fazendo com que a maior parte (ou todo mundo) se decepcionasse. Ok, Hazard não está brilhando em campo, existem algumas falhas, podem não estar apresentando aquele futebol bonito que esperávamos, mas estão indo bem e estão convencendo.
Imagem encontrada no site da Placar.
A partida de hoje foi a melhor dos americanos e dos belgas. As duas equipes convenceram em campo e fizeram os amantes do futebol vibrarem com um bom jogo.
Foi um jogo com muito ataque, grandes defesas e muita, muita emoção.
Pra mim, os melhores em campo foram Tim Howard, Omar Gonzalez, Graham Zusi (durante o tempo que ficou em campo), Jermaine Jones, Michael Bradley, Clint Dempsey e Julian Green [EUA] e também Romelu Lukaku, Kevin De Bruyne, Dries Mertens, Axel Witsel e Vincent Kompany [Bélgica]. Não incluí o Courtois na lista  Pra listar os dois destaques de cada Seleção, diria Tim Howard - que fechou o gol - e Michael Bradley - que mostrou muita habilidade, teve grandes jogadas e foi um dos destaques da partida - (ambos dos Estados Unidos) e Romelu Lukaku - não jogou muito, mas os momentos que ficou em campo, fez grandes jogadas e deu velocidade ao time - e Kevin De Bruyne - que jogou muito bem o jogo todo e não diminuiu o ritmo nem na prorrogação - (ambos da Bélgica).

Não listei tantos destaques da Bélgica, porque acho que o destaque foi mais coletivo que individual. Hoje sim eu vi a Bélgica jogando bem e convencendo. Finalmente mostrando a força dos Red Devils!...

O resultado foi favorável a Bélgica, que avançou para as quartas de final.

Mas, na minha visão, os Estados Unidos não perdeu. Se continuarem com toda essa paixão e apoio da torcida, além de toda a garra e amor à camisa dos jogadores (e até uma certa habilidade), creio que podem chegar até as semifinais em 2022 e, quem sabe, saírem campeões ou vice-campeões em 2026?

Só o tempo nos dirá...

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

up