O que me encanta e me conquista...

(Foto encontrada no Google - filme : The First Time)

Estava vendo a timeline do meu Facebook, quando vi um link que alguns amigos compartilharam. O texto em questão era um intitulado "Pra eu me apaixonar por você...", de um blog que, confesso, nunca ouvi falar, mas que me surpreendeu positivamente quando o acessei.

No texto, a autora fala sobre o tipo de cara que a conquista e o texto tem uma escrita tão fácil e interessante, que facilmente podemos nos colocar no lugar da autora, como se nossos pensamentos (de todas as garotas/mulheres) tivessem sido traduzidos pro papel.

Assim como a autora desse texto, realmente não me apaixono por um cara que tenha só um rostinho bonito e um corpo em dia. Não me interessa se o cara usa roupas de marca, frequenta lugares caros e tem coisas caras. Não me interessa se o cara tem várias garotas correndo atrás dele ou se não tem ninguém interessada nele. Não me apaixono com um elogio e por alguém que queira sempre se sentir superior.

Quando me apaixono, me apaixono nos detalhes.



Quando um papo flui bem e a dinâmica existe, já é uma parte do caminho do encantamento que se avança. Quando a química flui, quando existe momentos de diversão e seriedade, quando existe gentilezas,  quando existe aquele cuidado que não sufoca,... Em todos esses momentos, vai crescendo o encantamento. É aquele negócio: aquela troca de olhares que balança o coração, aqueles pequenos momentos que acabam marcando... Tudo isso impacta no encantamento.
Claro, ser inteligente (mas não ficar o tempo todo querendo chamar a atenção pra isso, porque isso acaba se tornando um tanto irritante), ter charme (nem precisa ser bonito não... O charme, geralmente, é mais interessante que a beleza) e a conversa fluir bem entre nós, bem.... isso tudo impactará no que penso de você. E positivamente, devo dizer.

Um cara que goste de te acompanhar, que tenha paciência e que te compreenda, mesmo em suas loucuras. Isso também conquista.

Nós, mulheres, não somos tão complexas assim quanto imaginam que nós somos. No geral, somos realistas, mas sonhamos alto. E, só queremos encontrar um cara que nos complete e nos faça mais feliz ainda do que já somos.

São as pequenas atitudes e os pequenos detalhes que nos conquistam...
Aquele sorriso que ilumina nosso dia, aquela troca de olhares que acelera nosso coração, aquele ombro amigo que veio na hora que mais precisávamos... Aquele elogio num dia ruim, aquele bom humor que nos faz sorrir... É aquele timing - você estar no lugar certo, na hora certa, com a atitude certa e ser o cara certo!

Recomendo a leitura do texto! :)

(Foto encontrada no Google - série: Switched at Birth)

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

up