Enfim, formada!





Após 4 longos anos, que também se passaram bem rápido, me formei.
A faculdade teve seus momentos difíceis e seus momentos fáceis, momentos felizes e momentos tristes, muita diversão e muita preocupação… A faculdade deixou momentos e memórias bem opostas em mim e marcou minha vida pessoal e profissional de tal maneira que não me arrependo em nada da minha escolha pelo curso de Sistemas de Informação.
OK, posso não ter passado com média excelente de todas as matérias cursadas, mas acho que minha média foi perfeitamente aceitável (7 e alguma coisa). O que me deixa mais orgulhosa é poder dizer que fiz a faculdade sem DPs - apesar de ter feito algumas (poucas) provas substitutivas, nunca reprovei nas matérias, o que me deixa muito feliz.
Também conheci pessoas muito especiais… Pessoas que me ensinaram muito nos anos que passamos juntas. Pessoas que não eram tão próximas a mim e passaram a ser, pessoas que tive como amigos e deixaram de ser e amigos que, mesmo que não estivéssemos juntos 100% do tempo, eu considero muito.

Conheci pessoas de ouro, que me agregaram muito conhecimento e me serviram de inspiração, conheci pessoas que se tornaram muito importantes pra mim por algum motivo e pessoas que eu achei que eram amigas de verdade e, por um motivo que eu desconheço, viraram a cara pra mim. Nos dois primeiros casos, espero que nossa amizade dure pra sempre, mesmo que o destino e o tempo nos afaste. Em todos os casos, espero manter o contato, sair para uma balada, um bar, nos encontrarmos por aí em nossas andanças... Sim, eu realmente acho que todos eles me farão falta.
Por um lado, sinto-me livre em ter minhas noites livres (até eu começar a fazer algum curso de idiomas ou algo do tipo). Por esse mesmo lado, me sinto também mais responsável, por estar empregada, fazendo jornada de 8 horas/dia e estar aprendendo a todo momento. Por outro, fico saudosista em pensar que não terei aquelas mesmas companhias todo dia, não verei mais aqueles professores (os que eu amava e aqueles que eu não aguentava mais ver também), não passearei mais pela PUCC, não verei mais aqueles moços bonitos de lá que às vezes avistávamos na praça de alimentação, enfim.... Deixarei de fazer parte daquele ambiente que me foi familiar por tanto tempo.
Minha memória pode não ser das melhores, mas cada vez que me lembro de um daqueles momentos que vivi por lá, um sorriso aparece nos meus lábios. É... Vivi bons momentos...
Lembro-me de quando, logo no primeiro ano de faculdade, conseguimos a façanha de termos o primeiro time feminino de futsal do nosso curso nas Calouríadas. Sim, perdemos de uns 7x1, logo no primeiro jogo, para as meninas de Arquitetura, uma das minhas amigas machucou o pé, mas tivemos um grande feito e nos divertimos muito. Também fomos a algumas festas e baladas juntos, vivemos a primeira e histórica choppada de SI, vivemos a segunda e, sim, fomos na terceira, que foi extremamente "miada". Lembro quando brincamos de 'Stop' no meio de uma aula bem "mais ou menos", discretamente, no 7º semestre. Sim, eu acredito que vivi a faculdade como deveria ter vivido e não me arrependo de nada.
Professores incríveis, professores que, podem não ter sido tão bons, mas eram pessoas incríveis e outros professores que também marcaram minha vida. 
De professores incríveis, que me acrescentaram muito na minha vida, me serviram de inspiração e me almejaram ser ainda melhor, poderia citar 4 nomes: Sérgio, Carneiro, Elaine e Nakamiti. O Sérgio e o Carneiro estavam sempre nos forçando a dar nosso melhor. Sempre tinham aquela calma pra dar aula e nos faziam aprender a matéria de verdade. A Elaine sempre nos incentivava a aprender algo a mais e tornou a Matemática Discreta bem mais fácil e divertida. O Nakamiti foi o professor que conseguiu me fazer entender linguagem C e até gostar um pouco (bem pouco, mas ainda assim...), coisa que havia sido meu sofrimento nos três semestres anteriores à aula dele (passei sem dps, entendia a teoria, mas na hora da prática, era meu maior sofrimento). Além disso, pessoas incríveis, daquele tipo, que tenho orgulho de dizer que passaram pela minha vida e foram meus professores.
Agora é hora de seguir a vida, pensar adiante... De estudar ainda mais, talvez. 
De torcer para que meus amigos que continuaram na faculdade se formem sem maiores problemas. De continuar o contato com todos os amigos que fiz. 
E, o mais importante, de sentir que meu dever foi cumprido e que minha jornada só está começando....

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

up