Os "Musos" da Euro 2012


Primeiramente, gostaria de deixar bem claro que sou realmente apaixonada por futebol e sou fã dos grandes jogadores, não por serem ou não bonitinhos, mas por serem realmente bons.
Maaaaaas... É claro que não posso deixar de notar jogadores bonitos, né?
Vi uma enquete no blog "Donas do Campinho" e vi a lista da Paloma Tocci no "Deu Olé", então tive a ideia de fazer a minha lista - um dos motivos, é porque não concordei com a maior parte das listas...
A lista está em ordem alfabética apenas...



Anders Lindegaard - Dinamarca
André Schürrle - Alemanha
Andy Carroll - Inglaterra
Ashley Young - Inglaterra
Benedikt Höwedes - Alemanha
Christian Eriksen  - Dinamarca
Claudio Marchisio - Itália
Cristiano Ronaldo - Portugal
Fernando Llorente - Espanha
Gerard Piqué - Espanha
Holger Badstuber - Alemanha
Ibrahim Afellay - Holanda
Iker Casillas - Espanha
Jérôme Boateng - Alemanha
Juan Mata - Espanha
Klaas-Jan Huntelaar - Holanda
Lars Bender - Alemanha
Lukas Podolski - Alemanha
Łukasz Piszczek - Polônia
Manuel Neuer - Alemanha
Mario Gomez - Alemanha
Mario Gotze - Alemanha
Martin Kelly - Inglaterra
Mathieu Debuchy - França
Mats Hummels - Alemanha
Maxym Koval - Ucrânia
Miguel Veloso - Portugal
Robin van Persie - Holanda
Shane Long - Irlanda
Toni Kroos - Alemanha
Víctor Valdés - Espanha

Argentina x Brasil || Alemanha x Portugal


Hoje, assisti a dois jogos simultaneamente: um amistoso - Brasil e Argentina - e um válido pela rodada inicial da Eurocopa 2012 - Alemanha e Portugal-.
A Seleção Brasileira é a Seleção do meu país, a Seleção que amo desde que me entendo por gente, a Seleção que prestigio.
A Seleção Alemã é a Seleção que aprendi a amar ao longo dos anos, que me interessei, que me tornei fã. Não sei explicar de onde surgiu o amor - é como meu amor pelo país Canadá -, mas ele existe.
Então, ao ver que o primeiro jogo da Alemanha na Eurocopa e o amistoso do Brasil teriam apenas 15 minutos de diferença, soube que teria que me desdobrar em dois canais diferentes para assistir aos jogos. E foi o que fiz.
Agora vamos às minhas visões de jogo, que serão imparciais, apesar do meu amor pelas duas seleções.


Brasil x Argentina 
Ao saber que o Messi jogaria e o Thiago Silva não jogaria, imaginei que o Brasil fosse perder - o que, de fato, aconteceu, mas achei que a Seleção lutou muito mais do que imaginei que lutaria.
Na minha impressão, os dois gols mais bonitos da partida foram o último do Messi (digno de craque, digno de melhor do mundo!) e o último do Brasil, feito pelo Hulk, aproveitando uma falha do goleiro e fazendo de primeira.
O primeiro gol do Brasil, discussões a parte, foi bonito. Rômulo foi inteligente e estrategista, e se aproveitou de seu bom posicionamento, coisa que o Neymar nem o Damião conseguiram!
O segundo gol do Brasil foi algo que facilmente veríamos no Internacional de Porto Alegre, uma jogada muito inteligente de Oscar-Damião-Oscar, que resultou no belo gol de Oscar.
Messi, que, no início, parecia apagado, deu um gás e fez uma atuação digna de Messi no Barça. Fez o trabalho dele muito bem e, em algumas vezes, até mesmo o trabalho de seus companheiros de Seleção. Messi foi genial e não tenho nenhuma vergonha de assumir isso. Jogadas bem construídas, piques de velocidade que faltaram ao Neymar e inteligência, que mostraram o porquê ele é considerado um gênio.
Dos gols que o Brasil tomou, pelo menos os dois primeiros, foram culpa da parte defensiva do Brasil. O Sandro perdeu a bola nas duas vezes, a dupla de zaga (Bruno Uvini e Juan) estava adiantada, o Rafael e o Marcelo (laterais), que seguiam para o campo de ataque, tiveram que voltar correndo, e vários outros jogadores da Seleção voltaram desencontrados para o campo de defesa do Brasil. Mas parece que todos ficaram admirando o melhor do mundo e esqueceram de marcar. Foram para trás a medida que o Messi avançava... E esses lances resultaram nos dois gols.
Não achei que o Rafael Cabral falhou em nenhum dos gols. Foi um ótimo goleiro. Teve a cabeça boa e fez boas defesas. E ficou sozinho contra o Messi nos três gols do cara.

Alemanha x Portugal
Quando soube que o primeiro jogo da Alemanha seria contra Portugal, logo fiquei interessada. Sempre gostei da Seleção Portuguesa - começou pela minha ascendência portuguesa e continuou pelo Cristiano Ronaldo -, mas a Seleção que escolhi como minha segunda Seleção é a Alemã, não tem jeito. Então, logo imaginei que seria um jogo bom...
Ainda mais se considerarmos o fato de que a Alemanha não estava vivendo seu melhor momento nos últimos amistosos e, pior ainda estava Portugal. Além disso, teríamos um confronto vindo do Real Madrid: Khedira e Özil x Cristiano Ronaldo.
Existiam "N" motivos para assistir esse jogo...
Logo no início do jogo, vi a Alemanha melhor posicionada e atacando mais. Em seguida, foi a vez de Portugal. E vice-e-versa...
Apesar das críticas que tinha ouvido de Portugal, achei que a Seleção fez uma ótima partida. Não foi excelente pois não fez gol e houveram poucos lances que poderiam resultar em gol, mas segurou bem, teve bons momentos de ataque e conseguiu segurar a grande Alemanha.
O melhor lance de Portugal, na minha opinião, foi o último lance do Pepe, que foi na trave. Houveram outros lances muito bons também, todos defendidos pelo grande Neuer, que foi ótimo em todas as suas defesas (ou, pelo menos, teve sorte em alguns momentos).
E o Gomez, depois de tanto tentar, conseguiu fazer seu tão esperado gol.
A Alemanha, quando conseguiu passar pela defesa fechadinha de Portugal, teve alguns momentos bons para finalizar. Mas desperdiçou boas oportunidades também.
E, no final, quem brilhou mais nessa partida, na minha opinião, acabou sendo o Mario Gomez (Super Mario), que jogou muito bem, e o Neuer, grande goleiro, jovem e seguro, que foi muito bem nas defesas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

up