Times do Coração


Sim, eu sou do tipo que assiste aos jogos do times para os quais torce, mesmo se não está valendo mais nada. Eu sou do tipo que sofre e torce por uma vitória, mesmo se já sei que não serão os campeões ou mesmo sabendo que eles não têm chance.
Eu sou do tipo que sofre, que vibra, que xinga, que reclama, que aplaude e comemora. Do tipo que fica com o coração na mão durante todo o tempo de jogo.
Em casa, eu grito, eu canto, eu falo, eu xingo. No estádio, sou do tipo de torcedora que vibra e sofre de forma mais discreta, não deixando de cantar junto com a torcida.
Sou do tipo que crê que, quando se ama um time, ama na alegria e na tristeza, ama na saúde e na doença, tal qual é prometido durante o casamento.
Quando você escolhe amar um time, você não o ama por ter mais ou menos troféus, por ter ou não um estádio, por ser mais ou menos famoso, mais ou menos rico, por ter o melhor ou o pior elenco. Você não o ama só por ter um determinado jogador nem, muito menos, apenas por sua história.
Você ama o time porque se identifica com ele, porque encontrou um lugar ao qual pertence. Você encontra um porto-seguro naquele time e se identifica de tal maneira que sofre durante os 90 minutos de jogo, além do tempo adicional.
Você conhece os jogadores e assiste aos jogos até quando é o time reserva! Você está lá para suportar o time quando o time vence do melhor time da competição até quando perde do lanterninha.
Você é técnico e torcedor, tudo ao mesmo tempo. E prestigia a marca do time sempre que possível.
Você está lá pelo seu time até o fim, apoiando e incentivando, não importa o que aconteça!

Essa frase da música "No Idea", do Big Time Rush, que coloquei na imagem acima, tem tudo a ver com futebol e times do coração, na minha opinião. Traduzindo de forma livre, ela diz "Eu te amarei, se você não tiver ninguém pra amar". Mesmo que torçam contra seu time, você não abre mão de amá-lo. Mesmo que tudo dê errado, você está lá para dar suporte. É um amor eterno, que não é mensurável. É muito amor! E sim, agradeço ao Corinthians, Bayern München e Manchester United por me fazer amá-los tanto ;D

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

up