Brasil x França e Corinthians x Ituano


Desde sábado passado, estou para fazer um post novo por aqui...
Queria ter feito sobre os jogos Palmeiras x Corinthians, Newcastle x Arsenal e Colônia x Bayern de Munique - talvez até  faça esse post um pouco mais pra frente (eu sei que já passou as rodadas, porém acho que os três jogos tem um quê de especial!).

Aproveitando dois jogos que tivémos na quarta-feira (e eu assisti), vou comentar sobre Brasil x França e Corinthians x Ituano.


Brasil x França
A primeira coisa que eu tenho para comentar é: não gostei da camisa da Seleção Brasileira. Eu sei, a camisa do Brasil não era nenhuma novidade - a mídia já tinha divulgado aos quatro cantos -, mas devo confessar que não gostei desse novo modelo. É simples demais para uma Seleção tão poderosa. Queriam ter feito alguma coisa diferente? Podiam ter dado um ar retrô, igual à da França. Aliás, essa sim era camisa bonita. Azul, com o símbolo da Federação Francesa de Futebol. Gola que imitava uma camiseta pólo e detalhes simples e discretos. Até a fonte utilizada para os nomes e números combinava com a camisa.

Logo no início do jogo, aproximadamente aos 15 minutos do 1º tempo, o narrador Galvão Bueno soltou uma das maiores pérolas que eu já ouvi: "O cotovelo do jogador brasileiro acabou ficando no rosto do jogador francês". Peraí! Será que eu ouvi bem? "Acabou ficando"? Você conhece alguém que, sem querer, acaba "encostando" o cotovelo no rosto de outra pessoa? Ainda mais que no lance da partida, o jogador tinha tido mesmo a intenção de acertar o jogador francês "discretamente". Comentários a parte, vamos continuar falando sobre a partida.

Logo aos 38 minutos do 1º tempo, o Hernanes, em um lance infeliz, acabou acertando o peito do Benzema e levou um cartão vermelho. Isso mesmo, Hernanes foi expulso antes de acabar o 1º tempo, deixando o Brasil com apenas 10 jogadores em campo.
Considerei esse lance "infeliz" porque, se tratando de Hernanes (e como ele mesmo declarou na TV), é um jogador inteligente e só tinha sido expulso uma única vez - antes dessa - durante uma partida pelo São Paulo.
Alguns sites e tweets aleatórios compararam o lance do Hernanes no Benzema com o golpe do Anderson Silva no Vitor Belfort (UFC).

A Seleção Brasileira, apesar de não ter tido tantos lances de perigo, jogou mais bonito que a França durante o 1º tempo. Mas, durante o 2º tempo, não foi bem isso o que aconteceu.

Logo aos 9 minutos do 2º tempo, Benzema marca o primeiro gol da partida. França 1 x 0 Brasil - e assim permaneceu até o fim da partida. Mais uma vez, o Brasil foi derrotado pela França no Stade de France, Saint-Denis - sim, esse foi o palco da final de 1998, no qual nosso time de craques foi derrotado pela França. E mais uma vez, o Brasil foi derrotado pela França pelo magro placar de 1x0 - mesmo placar no qual a França derrotou o Brasil na Copa de 2006.

Devo ser sincera e confessar que não vi naquele Robinho da partida nada que me lembrava o Robinho do Santos (qualquer passagem dele por aqui) - nenhum futebol bonito, nenhum lance emocionante... Então, acho que a alteração do Mano (tirar Robinho e colocar Sandro) foi a melhor da partida.

Ouvi algumas críticas ao Renato Augusto. Confesso que nunca tinha ouvido nada sobre ele antes da sua convocação, mas gostei do seu futebol. Na minha opinião, mesmo com a derrota do Brasil, foi um dos melhores em campo.

Sou fã do Mano, do Elias e do André Santos, desde os tempos de Corinthians. Gostei da convocação do Mano, mas acho que ele falhou em dois momentos:
1. Não dar oportunidade ao Rafael (Manchester United) de jogar. Ele foi convocado, mas não teve oportunidade de mostrar seu futebol. Seria interessante se o Daniel Alves jogasse mais pra frente e o Rafael pudesse entrar o mostrar o futebol que tem jogado pelo Man Utd.
2. Dar o posto de capitão da Seleção para o Robinho. Acho que o Daniel Alves e o Julio César têm muito mais cabeça e experiência que o Robinho para assumir a Seleção.

Os melhores da partida? Na minha opinião, Julio César e Benzema. O goleiro brasileiro e o atacante francês, que se "enfrentaram" várias vezes durante a partida. Júlio César fez defesas em lances nos quais uma defesa parecia improvável. Benzema, contrariando tudo o que dizem sobre ele, foi o cara que mais arriscou e que decidiu a partida.

Pela Seleção Brasileira, os outros três melhores jogadores em campo, não necessariamente nessa ordem, foram:
1. David Luiz
2. Daniel Alves
3. Renato Augusto

Apesar de não gostar muito do futebol do Pato, achei que ele fez uma ótima partida - mesmo não fazendo gols.

Infelizmente, achei que não foi a melhor partida do Elias e do André Santos.

Seleção Brasileira: Julio César; Daniel Alves, Thiago Silva, David Luiz e André Santos; Lucas, Elias (André), Hernanes e Renato Augusto (Jadson); Robinho (Sandro) e Alexandre Pato (Hulk).


Corinthians x Ituano
Corinthians, finalmente, fez uma goleada na quarta-feira (11/02/2011). Corinthians venceu o Ituano em um placar de 4x0.

Logo aos 2 minutos do 1º tempo, Ramírez marcou o primeiro gol do Corinthians.
Aos 21 minutos do 1º tempo, em uma cobrança de falta, Chicão fez um gol que parecia improvável. Seja por intenção, ou seja por acaso, a bola bateu direto na barreira, voltou no pé do Chicão que aproveitou a oportunidade para fazer um belo gol.
Liedson, estreando no Corinthians, marcou dois gols - aos 30 minutos e aos 46 minutos do 2º tempo.

Apesar de toda a pressão que o Ituano fez durante o 2º tempo sobre o Corinthians e apesar do fato de que a partida não foi uma das mais bonitas que o Corinthians já fez, o Corinthians fez um belo jogo. Já fazia algum tempo que não se via essa vontade de fazer gols por parte do Corinthians...

1 comentários:

Juh Oliveto disse...

Achei muito peculiar você fazer um post sobre os jogos hahahaha

AMO futebol e a imagem que você escolheu pra ilustrar BRA/FRA ficou linda *-*

Beijocas!
Juh Oliveto
Livros & Bolinhos ~

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

up